)

SMS terá praticamente os mesmos recursos do WhatsApp

A Google anunciou no final de 2017, que está expandido o seu novo padrão de SMS para a América Latina. A empresa vai começar a implantar ao RCS (Rich Communications Service) no Brasil através da Vivo, da Claro e da Oi. Com isso, os clientes dessas operadoras poderão trocar mensagens de texto praticamente da mesma forma que o fazem hoje pelo WhatsApp.

Será possível conversar em grupos e também ver quem leu ou não suas mensagens

Isso quer dizer que você poderá enviar áudios, fotos, mapas com a sua localização, GIFs e muitos outros recursos multimídia para amigos e familiares. Será possível conversar em grupos e também ver quem leu ou não suas mensagens. Tudo isso vai funcionar através da rede das operadoras.

O novo padrão foi elaborado pela Google em parceria com fabricantes de smartphones e com a GSMA, organização internacional que estabelece os padrões de telecomunicações móveis pelo mundo. No ano passado, o RCS começou a ser implantado nos EUA, na Europa e na Ásia. Agora, está chegando à América Latina através das três operadoras brasileiras e da AT&T no México. De acordo com a Google, essa implementação nas quatro empresas deve abranger dois terços de todos os usuários de telefonia móvel da região.

Quando implementado, os usuários poderão conversar com clientes de qualquer operadora participante, seja dentro ou fora de seu país de origem sem precisar se inscrever em apps de mensagem — como o WhatsApp — e aproveitar todos os recursos multimídia.

A Google explica que, além de melhorar a comunicação pessoal, a novidade pode ser importante para negócios. Uma empresa aérea poderá, por exemplo, enviar um cartão de embarque interativo para seus passageiros, junto com mapas para ajudá-los a chegar em seus portões de embarque.

Por enquanto, entretanto, somente os usuários do app “Mensagens Android” poderão usufruir da evolução do SMS, mas o padrão é aberto e pode ser implementado em qualquer ferramenta, seja feito por fabricantes de celular ou por empresas independentes.

Ainda não sabemos se a Apple vai aderir ao padrão e integrar os usuários do iOS no RCS. A Google, por sua vez, informa que a implantação na América Latina começou no inicio de 2018.

O que você acha?
Vai superar o uso do WhatsApp?

Comentários